E 2007 se vai

É pessoal, o ano passou voando mais uma vez. Fizeram coisas boas? ou ao menos uma única coisa que faça valer o ano? Eu acho que fiz. Sem nenhum arrependimento ou insatisfação termino meu ano contente com as conquistas. Houveram tristezas? claro, mas nenhuma que valha ser lembrada ou que não tenha servido de lição para a vida.

Quero desejar a todos um ótimo final de ano. Aproveitem estes feriados consumistas para descançar e recompor as energias para 2008. Que seja um ano de muito trabalho e projetos para todos. Sem trabalho não se alcança o sucesso nem a felicidade. Que graça teria se tudo fosse fácil? Como dizia Raul “É chato chegar a um objetivo num instante”.

Não vou falar nada sobre a situação do País, muito menos do meu Estado (RS). Ambos encontram-se em uma das piores fossas de todos os tempos. Sim fossa, aquele buraco para onde vai toda coisa depositada em nossos vasos sanitários. Já perdi as esperanças, quem sabe, talvez, daqui a uns bons anos a coisa mude, uma nova geração de políticos assuma o poder e façam alguma coisa decente por este país em decadência sócio-econômica.

Mesmo querendo passar uma mensagem boa de natal e ano novo, não sei porque cargas d’água resolvi deixar um texto um tanto quanto “diferente” para vocês, caros leitores. De certa forma pode servir para abrir os olhos das pessoas para algumas coisas que acontecem hoje na nossa sociedade ou só ser uma perda de tempo para outros. O texto chama-se Imortais e eu encontrei ele no site da revista www.scarium.com.br Scarium. Antes que alguém pergunte, não sou satanista nem algo do gênero.

Boa leitura, bom final de ano. Aproveite para passar um tempo com a família, as vezes é bom conversar com a parentada e rever aquela tia chata que teima em te chamar de fofinho(a) e dizer o quão grande tu está. Nos vemos em 2008!

 
comments powered by Disqus